Hora de dobrar o estoque de capital na infraestrutura

Estima-se que do início dos anos 70 ao início dos 80 o estoque de capital da infraestrutura brasileira aumentou 45%, de 40 para 58% do PIB. Desde então, caiu seguidamente, até alcançar 36% do PIB. Um desastre…

O pior de tudo é considerar que a regra de bolso usada pelos especialistas é de que ele deva chegar o mais rápido a 70% do PIB.

Isso mostra o descaso do país com a área. Seja no que toca à destinação de recursos públicos para investimento nesse setor, seja de melhoria de condições de atratividade (especialmente segurança jurídica) para o capital privado. Com a palavra o governo Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *