Os limites de nosso modelo de crescimento

O fraco desempenho da indústria é um dos temas que mais têm chamado a atenção da imprensa e de formuladores de política econômica neste início de milênio. Nos últimos anos, com a forte apreciação do real e a participação crescente da China e de outros países exportadores de produtos manufaturados, a indústria brasileira vem apresentando um desempenho bastante medíocre, com crescimento médio anual de apenas 2,2% entre 2003 e 2013…

Raul Velloso

Por: Raul Velloso

Economista - Consultor econômico e colunista dos jornais O Estado de São Paulo e O Globo

One thought on “Os limites de nosso modelo de crescimento

  1. Francisco Aquino says:

    Prezado Sr. Raul Velloso:
    Tive o privilégio de assistir a sua palestra realizada na FIESC, no dia 03/06/2014. Gostei muito da sua abordagem, e sobretudo por nos induzir a reflexão sobre o modelo econômico vigente no Brasil (baseado em consumo) e sua implicação no provimento de infraestrutura. Me entristece saber que além das enormes deficiências na saúde, na educação, na segurança e na infraestrutura vigentes neste País, nos falta sobretudo princípios de governança e de responsabilidade com o bem público. Nesse caso, a perspectiva de encontrarmos uma solução para estes problemas parece um pouco mais difícil. Entretanto, não perco a esperança porque sei que no Brasil ainda há pessoas de boa índole.

    Agradeço muito pelos textos disponibilizados e faço votos de que continue sendo cada vez mais bem sucedido nessa sua brilhante iniciativa de motivar nossos irmãos brasileiros a discutir com ética e responsabilidade temas tão relevantes para o desenvolvimento deste país.

    Forte abraço.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>